Meus top 12 filmes de boxe de todos os tempos!



Olá amig@,

seja bem vind@ aos meus top 12 filmes de boxe de todos os tempos!


Prepara a pipoca e vamos a lista:


12) Nocaute (2015)

A vida de Billy Hope (Jake Gyllenhaal) parecia perfeita: campeão mundial invicto e uma família amorosa ao seu lado.

Mas quando sua mulher é vítima de uma bala perdida e morre em seus braços, o mundo de Billy desaba e ele vai para a lona.

Caberá ao treinador Titus “Tick” Wills (Forest Whitaker) ajudá-lo a sair do abismo emocional e financeiro.


11) Hurricane. O furacão (1999)

Rubin “Hurricane” Carter foi um pugilista americano dos anos 1960 que teve a carreira interrompida ao ser injustamente condenado pelo assassinato de três pessoas.

Este filme conta a história dele — que ficou quase 20 anos na prisão — e sua luta para ser inocentado. Denzel Washington ganhou o Globo de Ouro pela atuação.


10) Rocky Balboa (2006)

A glória faz parte do passado para Rocky Balboa (Sylvester Stallone). Dono do restaurante Adrian's, batizado em homenagem à sua falecida esposa, Rocky passa as noites contando aos clientes histórias de sua época de lutador. Rocky Jr. (Milo Ventimiglia), seu filho, não dá muita atenção ao pai, preferindo cuidar de sua própria vida. Sua vida muda após uma simulação de computador colocar Mason Dixon (Antonio Tarver), o atual campeão mundial dos pesos pesados, enfrentando Rocky em seu auge. Dixon fez fama pela facilidade com a qual conseguiu o título, mas como nunca encarou um oponente que realmente o desafiasse é considerado por muita gente como um lutador muito técnico, mas sem alma. A simulação faz com que o agente de Dixon resolva realizar a luta, oferecendo a Rocky uma nova chance de voltar aos ringues.


9) Creed - Nascido para lutar (2015)

“Creed” é uma continuação da franquia “Rocky” focada no filho de Apollo Creed. O filme conta a história de Adonis “Donnie” Johnson (Michael B. Jordan), que nunca conheceu o pai Apollo, ex-campeão mundial dos pesos-pesados, porque ele morreu no ringue antes do seu nascimento. Apesar da tragédia familiar, Donnie cresceu e agora está determinado a virar lutador também. Então ele vai para a Filadélfia em busca de apoio do velho rival/amigo de seu pai: Rocky Balboa.


8) O lutador (The Boxer - 1997)

Depois de passar 14 anos na prisão, Danny Flynn (Daniel Day-Lewis) quer reconstruir sua vida no seu antigo bairro. Ele quer viver em paz, retomar à carreira de lutador e reencontrar a mulher de quem nunca se esqueceu. Entretanto, quando tenta reatar o romance, barreiras aparecem em decorrência de sua vida profissional.


7) A luta pela esperança (Cinderella Man - 2005)

Jim Braddock (Russell Crowe) era considerado um prodígio do boxe, mas foi obrigado a se aposentar prematuramente devido a uma série de derrotas no ringue. Com os Estados Unidos em meio à Grande Depressão, Jim aceita viver de bicos para poder sustentar sua esposa, Mae (Renée Zellweger), e os filhos. Jim sempre sonhou com a oportunidade de retornar ao mundo do boxe e tem sua chance quando, devido a um cancelamento de última hora, é escalado para enfrentar o 2º pugilista na disputa do título mundial. Para surpresa de todos Jim vence três lutas consecutivas, mesmo sendo bem mais magro que seus oponentes e tendo ferimentos nas mãos. Ele passa então a ganhar o apelido de "Cinderella Man" e se torna o símbolo de esperança dos desprivilegiados da época. Até que precisa enfrentar seu pior oponente: Max Baer (Craig Bierko), o atual campeão mundial dos pesos pesados, que já matou dois lutadores no ringue.


6) O Vencedor (The Fighter 2010)

Micky Ward (Mark Wahlberg) é um boxeador mediano, em crise profissional, que está batalhando para construir seu nome dentro do esporte.

Ele é treinado pelo meio-irmão Dicky Eklund (Christian Bale), um ex-lutador que caiu no vício do crack, e agenciado pela mãe Alice (Melissa Leo).

A relação entre os irmãos é o ponto alto da história, que rendeu o Oscar de coadjuvante a Christian Bale e Melissa Leo. O filme é baseado em fatos reais.


5) Touro Indomável (1980)


Essa obra-prima de Martin Scorsese, com Robert De Niro no papel principal, traz um retrato do autodestrutivo Jake LaMotta, um boxeador ítalo-americano feroz tanto no ringue quanto fora dele.

A interpretação de De Niro rendeu a ele o Oscar de Melhor Ator. É um filme simplesmente imperdível para quem gosta de esporte.


4) Rocky II. A revanche (1979)

Após o término do confronto contra Apollo Creed (Carl Weathers), Rocky (Sylvester Stallone) promete à Adrian (Talia Shire), sua esposa grávida, que irá largar os ringues de boxe. Porém, Apollo quer provar que Rocky não foi nocauteado por acaso e, como este está sem dinheiro, promovem outra luta entre os dois pugilistas.


3) Rocky IV (1986)


Apollo (Carl Weathers) morre em uma luta com Drago (Dolph Lundgren), um invencível lutador russo. Assim, Rocky (Sylvester Stallone) decide ir até a União Soviética para enfrentá-lo e vingar o amigo.


2) Rocky. Um Lutador (1976)

Este filme dispensa apresentações: é um dos maiores clássicos do cinema mundial. Feito com orçamento de apenas US$ 1 milhão, “Rocky” arrecadou US$ 225 milhões na bilheteria e ganhou três estatuetas do Oscar em 1977, incluindo a de Melhor Filme.

Rocky Balboa (Sylvester Stallone) é um desconhecido lutador da Filadélfia que, subitamente, recebe um convite para enfrentar o campeão mundial Apollo Creed, porque o antigo desafiante de Apollo havia se lesionado e ele decidiu dar uma chance a um atleta local.

O escolhido foi Rocky pois Apollo gostou de seu apelido “O Garanhão Italiano”. O que ele não esperava era encontrar um adversário tão duro pela frente.


1) O campeão (1979)


Andy Purcell (Wallace Beery), também conhecido como Campeão, é um ex-campeão mundial de boxe, na categoria peso pesado. Ele é um alcóolatra que está tentando voltar a fazer carreira para sustentar seu filho, Dink (Jackie Cooper). Este ama seu pai, apesar de seus vícios, e faz tudo por ele. Após entrar no mundo das apostas, Andy consegue realizar o sonho de Dink: ter um cavalo de corrida. Eles levam o Pequeno Campeão - nome que o menino deu ao cavalo - para correr em Tjuana. Durante a corrida, Dink conhece uma proprietária de cavalos de corrida, Linda Carleton (Irene Rich), que coincidentemente se mostra como a mãe biológica de Dink, do primeiro casamento, com Andy. Ela é muito rica e acredita que a vida que Andy pode proporcionar a seu filho não é a ideal para um menino da idade dele. Andy e Linda passam a brigar pela custódia de Dink, usando até suborno para conseguirem o que querem.

(Filme belíssimo, eleito como um dos mais tristes de todos os tempos, assim que prepara o lenço).


E ai gostou da lista? Tiraria ou colocaria algum outro? Deixa sua opinião nos comentários!

_________________________________


Nosso livro de Treinador de Boxe. Nível 1 já está a venda na Amazon Kindle, só clicar aqui para mais informações. Em breve vamos lançar o nosso curso, se inscrevam no site para receber as notificações com o desconto de lançamento.


Por

Ricardo Serravalle

 
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Spotify
  • whatsapp pequeno