O trabalho de sombra no boxe

Olá meu amig@,


Peço que não levem em conta minha movimentação no vídeo como exemplo porquê como sabem estou com o ligamento e menisco do joelho afetados e tão pouco sou perfeito. :)

A sombra sempre deve ser realizada sem luvas, já que faz parte da escola de boxe, pode ser realizada de uma maneira mais solta, como um aquecimento (assim como estou fazendo no vídeo), sem tanta preocupação com os aspectos técnicos dos golpes e guarda, como também pode ser realizada justamente com fins de maduração técnica.

No vídeo explico um pouco mais sobre alguns aspectos da sombra no boxe (ou shadow boxing).



Tipos de sombra no boxe:


a) sombra individual livre: na maioria das vezes aplicada como aquecimento específico, logo após o aquecimento geral, de preferência de frente a um espelho onde o indivíduo possa estar pendente de sua movimentação possa ver a si mesmo para tentar corrigir os defeitos vistos por ele mesmo ou apontados pelo treinador.


b) sombra individual dirigida: o treinador pode querer desenvolver e trabalhar alguns aspectos técnicos que ache pertinente melhorar de acordo com a parte medular da unidade de treinamento ou ainda que podem ser aplicados em uma luta que se aproxima de acordo com uma estratégia pré-determinada para enfrentar um ou outro lutador com determinadas características.

Exemplo: Deve-se realizar a sequência: jab, direto, passo plano lateral para direita com compasso e direto, depois direto jab, passo plano para a esquerda com compasso e uppercut e direto, entre uma e outra executar 3 passos pêndulos.


c) sombra individual condicionada livre: o treinador pode querer desenvolver e trabalhar alguns aspectos técnicos que ache pertinente melhorar de acordo com a parte medular da unidade de treinamento ou ainda que podem ser aplicados em uma luta que se aproxima de acordo com uma estratégia pré-determinada para enfrentar um ou outro lutador com determinadas características.

Exemplo: Só se pode trabalhar golpes com a mão adiantada.


d) sombra em dupla: Se pode realizar das três maneiras anteriormente mencionadas ou também se trabalhar em uma espécie de escola de combate a distância ou ainda livre (como em um sparring) onde os dois indivíduos, mantendo a distância de segurança (geralmente de 1,5m de distância e sem diminuir ou aumentar essa distância apesar da intensa movimentação) possam trabalhar a velocidade de reação ao adversário trabalhando todos os aspectos técnicos e estratégicos, defensivos e ofensivos.

É uma alternativa para quem trabalha o boxe recreativo com clientes que não desejam o contato físico de um sparring.


Bem, espero que tenha gostado, se inscreva em nossos canais para receber todas as nossas novidades!

________________________________________


Nosso livro de Treinador de Boxe. Nível 1 já está a venda na Amazon Kindle, só clicar aqui para mais informações. Em breve vamos lançar o nosso curso, se inscrevam no site para receber as notificações com o desconto de lançamento.


Por

Ricardo Serravalle